A HBO apresenta a oitava temporada de Game of Thrones no primeiro semestre de 2019. Serão seis episódios que fecharão a história criada por David Benioff e Dan Weiss.

Nesta página, reunimos todas as informações sobre filmagens, cenários, locações, elenco, e spoilers noticiados por sites especializados durante os últimos muitos meses. A intenção é garimpar todas as informações em um só lugar para a privacidade daqueles que escolheram acompanhar o fim da série sem saber qualquer tipo de conteúdo relacionado a ela.

Arte por Kyouzins

Esta postagem possui spoilers da oitava e última temporada de Game of Thrones. Absorver as notícias deste texto poderá comprometer sua experiência com os episódios finais da série. Pense bem antes de continuar. Leia por sua conta e risco.

Produção, equipe e orçamento

A produção da oitava temporada teve início em agosto de 2017, de acordo com o assistente de direção Charles Endean. Os roteiros, rodeados de sigilo, foram entregues ao elenco no início de outubro. As filmagens tiveram início em outubro de 2017, e foram finalizadas em julho de 2018.

O time de roteiristas inclui Dave Hill, que será responsável pelo primeiro episódio da temporada, Bryan Cogman que será responsável pelo segundo episódio, e Benioff & Weiss, responsáveis pelos quatro episódios finais.

No line-up de diretores, teremos Miguel Sapochnik, que comanda os episódios 8.03 e 8.05, David Nutter, que terá os episódios 8.01, 8.02 e 8.04, e os próprios showrunners Benioff & Weiss, que dirigem o series finale.

A equipe de direção de fotografia contará com Fabian Wagner (Sapochnik), David Franco (Nutter), e Jonathan Freeman (Benioff & Weiss).

A produção da HBO passou pela Irlanda do Norte, Islândia, Croácia, e Espanha. A seguir, nos debruçamos sobre todos os detalhes do árduo trabalho que a HBO investiu em cada um destes países.

Em uma interessantíssima reportagem de capa, a revista Variety casualmente revelou que cada episódio da oito temporada de Game of Thrones custará para a HBO 15 milhões de dólares. o número é parecido com sétimo ano da série, que de acordo com o que foi especulado, pode ter custado cerca de 100 milhões de dólares pelos 7 episódios.

A nível de comparação, a sexta temporada custou 10 milhões de dólares por episódio, pelo menos. Game of Thrones viu seu orçamento subir exponencialmente a partir da segunda temporada, com a produção de seu primeiro episódio de batalha, a sequência de Blackwater, que foi relatada custar 8 milhões de dólares sozinha na época – exatamente o mesmo valor de qualquer episódio da quinta temporada.

Personagens da oitava temporada de Game of Thrones

Um apanhado geral sobre todas as contratações conhecidas, retornos incertos e chamadas de elenco.

Tycho Nestoris, o banqueiro de Braavos, não estará na última temporada

Interpretado por Mark Gatiss, o personagem foi visto pela última vez durante o episódio 7.04, “The Spoils of War“, da sétima temporada. Na ocasião, ainda antes da batalha, Cersei conversa com ele sobre quitar a divida com o Banco de Ferro, revelando que o ouro estava à caminho. Eles conversam sobre Tywin e sobre a Companhia Dourada, e Tycho se despede alertando Cersei sobre a dívida. O ouro chegou a Porto Real, e embora jamais tenhamos visto ele chegar são e salvo à Braavos, Cersei confirma a Jaime que o Banco de Ferro os apoia agora.

Em 2017, após as filmagens da sétima temporada, Gatiss indicou que ele ainda estaria em mais dois episódios da série, ou era o que os produtores pensavam na época. Mas recentemente, em entrevista à ShortList, o ator britânico foi sincero quando perguntado sobre sua sobrevivência na história e retorno para a oitava temporada:

Não estarei nela, então acho que sobrevivi. Embora eles possam apenas mencionar de improviso que eu tive minha cabeça mordida por um dragão fora de cena ou algo assim.”

Caso Tycho de fato apareça ou seja mencionado, saberemos em 2019.

Rhaegar Targaryen pode aparecer novamente

Recentemente, Wilf Scolding (Rhaegar Targaryen) divulgou uma imagem de sua estadia na cidade de Belfast através de sua conta pessoal no Instagram. A imagem foi postada em abril deste ano, época em que as gravações da oitava temporada ainda estavam a todo vapor.

Muitos fãs começaram a questionar se o ator estaria na Irlanda do Norte para reprisar seu papel como o personagem de tantas teorias. Imediatamente após a repercussão, Scolding deletou a foto, o que aumentou as suspeitas de que esse seria o tipo de notícia que ele não estava autorizado a comentar.

Curiosamente, no começo de agosto, ele conduziu uma sessão de perguntas e respostas utilizando uma conta de fãs. Destacamos as melhores partes a seguir:

Pergunta: “Como você acha que Rhaegar teria lidado com Ned Stark na Torre da Alegria se ele estivesse lá?”
Resposta: “Boa pergunta. Rhaegar nunca amou lutar, e essa talvez seja uma boa pista – talvez ele e Ned pudessem conversar sobre as coisas?”

Pergunta: Você sente orgulho de seu filho Jon Snow?
Resposta: “Sinto, no entanto, acho que ele deveria passar menos tempo com a minha irmã.”

Por enquanto, não há informações sobre o retorno de Lyanna Stark (Aisling Franciosi), ou qualquer outro personagem de flashbacks.

Marya Seaworth não aparecerá na série

Aqueles que acompanham o personagem de Davos com afinco nos livros de George R. R. Martin podem perder as esperanças. Liam Cunningham contou ao TV Guide que Marya Seaworth, esposa de Davos que não é mencionada na série de TV desde que Matthos, filho de Davos, foi morto na Batalha da Água Negra, não aparecerá para o fim de Game of Thrones: “Temos seis episódios restantes e estamos avançando para a Terceira Guerra Mundial em Westeros. A introdução da minha fabulosa e linda esposa, imagino, não será vista.

Tormund, Edd Doloroso e a Patrulha da Noite estarão de volta

Os atores Kristofer Hivju Ben Crompton compareceram à leitura de roteiros ao lado de todo o elenco restante. Ainda não se tem notícia de Richard Dormer.

É claro que eles apareceriam para mais cenas. Mesmo que em suas últimas cenas da temporada estivessem em grande perigo, tentando sobreviver à queda da Muralha.

Membros da Patrulha da Noite (mesmo que, ao longo dos anos, esses personagens tenham se tornado uma abstração) também estarão de volta para a luta final. Figurantes e dublês de luta foram vistos no set. Falamos mais sobre isso em outro tópico deste artigo.

Meera Reed irá retornar?

Por enquanto, é seguro não contar com isso. Pelo menos é o que Ellie Kendrick, a atriz que interpreta a personagem, tem alegado desde o ano passado.

Meera Reed foi vista pela última vez no episódio 7.04 ‘The Spoils of War‘. Desde aquela época, questionava-se o retorno dela, bem como a apresentação de Howland Reed, seu pai, poderia acontecer no ano final da série. Em novembro de 2017, Kendrick comentou a questão em uma entrevista de duas partes para o Metro:

Não irei aparecer até onde sei. Não sei. É engraçado porque sempre me perguntam: “O que vai acontecer? Você irá aparecer? ”A verdade é que eu não sei. Vou esperar o telefone tocar e então irei descobrir, mas ele não tocou até agora, então não sei.

Edmure Tully irá retornar?

É seguro não contar com isso também. Visto pela última vez na sexta temporada da série, Edmure Tully foi mantido prisioneiro por Walder Frey. Após “vencer” o cerco de Correrrio, Lorde Walder menciona a Jaime que Edmure foi colocado de volta nas celas, embora ele não teivesse planos de matá-lo.

Na sétima temporada, Edmure foi esquecido pela sobrinha, Arya Stark, quando ela executou sua vingança nas Gêmeas. Em março, em entrevista ao Digital Spy, o ator Tobias Menzies revelou que ainda não sabia se seu personagem retornaria à série.

Não faço ideia. Ele obviamente ainda está preso, vivo em algum lugar. Eles são muito sovinas com suas informações, e não ouvi nada deles. (…) Sinto que eles têm muitas histórias para amarrar, se essa é uma história que eles vão querer finalizar, eu não sei.

Alys Karstark e Ned Umber estarão de volta

A atriz Megan Parkinson e o ator Harry Grasby retornam à série em 2019, como noticiou a imprensa internacional. Os últimos herdeiros das casas Karstark e Umber lutarão pela sobrivivência ao lado de todas as outras família nortenhas no final da história. Última Lareira, o castelo e lar da Casa Umber, é a fortaleza mais próxima da Muralha e possivelmente sofrerá com a vinda do Rei da Noite e seu exército. Karhold também não está muito longe dali. Se os castelos cairão, ou se Ned e Alys terão papéis maiores para interpretar este ano, só o tempo irá dizer.

Lyanna Mormont também estará de volta

A atual líder da Casa Mormont estará de volta para o fim da série, como todos já esperavam. Bella Ramsey, que atualmente estrela a série The Worst Witch (Netflix) visitou os estúdios de Belfast apenas nas últimas semanas de gravação em junho, pelo que se tem notícia.

Seu encontro com Arya e Sansa nas temporadas anteriores não foi tão produtivo quanto poderia ter sido, no entanto ainda há grande expectativa em relação a cenas da personagem poderia com Jorah e Daenerys. O que será que a HBO está preparando desta vez?

Harry Strickland, líder da Companhia Dourada, será vivido por Marc Rissmann

um novo mercenáro

O ator escolhido para viver Harry Strickland, um dos novos personagens de Game of Thrones, é o alemão Marc Rissmann. Ele já teve papéis em outras ótimas produções para a TV, como Into the Badlands e The Last Kingdom.

Nos livros, o personagem é líder da Companhia Dourada. De acordo com o que foi estabelecido na sétima temporada, os mercenários chegarão à Westeros em breve. Sabemos que Cersei, com o auxílio de Euron Greyjoy e o dinheiro roubado de Olenna, pretende contratá-los para exterminar Daenerys, Jon Snow e seus exércitos.

De acordo com a agência de Rissmann, o personagem Harry Strickland estará em dois dos seis episódios da temporada. Para ler a nota completa, clique aqui.

Danielle Galligan será Sarra

A atriz irlandesa irá interpretar a personagem Sarra em um episódio da 8ª temporada, dirigido por David Nutter. O único exemplo do nome Sarra que temos em As Crônicas de Gelo e Fogo é Sarra Frey, uma das muitas netas de Walder Frey.

Em tempo, é totalmente possível que Game of Thrones esteja simplesmente pegando emprestado um nome dos livros para usar em outro personagem menor, e não relacionado à história de George R. R. Martin.

De acordo com o CV de Galligan, ela participou de alguns curta-metragem premiados, além de ter escrito Strangers in the Park.

Alice Nokes será a personagem Willa

A agência de Nokes confirma que ela irá interpretar uma personagem chamada Willa na oitava temporada de Game of Thrones. Ela estará em um episódio de David Nutter.

Nokes é conhecida por interpretar Courtney Mitchell na série de TV EastEnders. Quanto ao seu papel em Game of Thrones, por enquanto não há nenhuma descrição. Willa não é um personagem dos livros. É claro, conhecemos algumas “Wylla” em As Crônicas de Gelo e Fogo, e a mais famosa é citada em cena da primeira temporada da série. Possivelmente esta Willa não terá conexão com flashbacks ou os romances de Martin.

Emer McDaid será personagem não revelada

No CV da atriz inglesa Emer McDaid consta sua participação na oitava temporada, sem especificar papel ou diretor.

Galligan, McDaid e Nokes posaram juntas para uma foto no Crown Bar em Belfast em 12 de novembro e compartilharam no Instagram: “Aaaaaand that’s a wrap“, não deixando dúvidas de que as atrizes estavam filmando possivelmente juntas.

Segue a imagem:

Seamus O’Hara será Fergus

Mais uma adição sem muitas informações até o presente momento. Seu CV aponta que ele viverá um personagem chamado Fergus. Nos livros, não há nenhum nome como este, então teremos que esperar para ver qual será o papel de Seamus nesta temporada.

Frank Blake será “sentinela nortenho”

Um jovem ator chamado Frank Blake foi escalado como “sentinela do norte” para a oitava temporada. Falamos sobre esse papel no ano passado. Embora seja uma participação pequena, ele irá interagir com membros principais elencos. As informações são de sua agência.

Rebecca van Cleave, dublê de Cersei, estará de volta

Bastante elogiada em seu trabalho anterior na série de Benioff e Weiss, Rebecca van Cleave retorna para a oitava e última temporada de Game of Thrones. Talvez você não se lembre do nome dela, mas a gente te ajuda: no episódio final da quinta temporada, “Mother’s Mercy“, a atriz trabalhou como dublê de nu de Lena Headey, durante a sequência da caminhada de expiação da Cersei.

Lena voltou a utilizar dublê de nu na sétima temporada, em cena com Nikolaj Coster Waldau. No entanto, Rebecca não é creditada neste episódio. Resta saber se, desta vez, ela será Cersei ou algum outro personagem. As informações são da agência de atores Industry Casting.

Bronte Carmichael será Martha


O site da agência da jovem atriz inglesa Bronte Carmichael revelou que ela estará em Game of Thrones, em episódio dirigido por Miguel Sapochnik. Sua personagem leva o nome de Martha.

Curiosamente, a atriz também estará em Nightflyers do Syfy/Netflix.

Laura Elphinstone será Nora

A atriz britânica Laura Elphinstone foi escalada para um papel pequeno, mas possivelmente recorrente, na oitava temporada, sob o nome de Nora, sobre a qual não há maiores descrições.

O CV de Laura conta que ela trabalhou com vários diretores da temporada, o que teoricamente indica que Nora poderia ser uma personagem recorrente. No entanto, pode ser o caso da agência simplesmente não saber o diretor específico das cenas que ela participou, algo comum em casos de papeis menores para a TV.

Casting calls para rostos novos na temporada

Abaixo, mostraremos a vocês um apanhado com todas as chamadas de elenco para papeis menores anunciados durante esse período de quase um ano. Com exceção de Frank Blake, nenhuma escalação foi confirmada pela HBO ou agência de talentos.

Personagem Escalação
garota nortenha, 8 anos, notável por sua
intrepidez e integridade.
casting call, sem elenco anunciado.
É um papel “de destaque para uma jovem de mente forte e espírito guerreiro”.
garoto pobre, 8-12 anos,
luta para trilhar o seu caminho no mundo.
casting call, sem elenco anunciado.
HBO buscou ator que “domina completamente as cenas em que aparece”
camponês nortenho, jovem adulto, direto e simples,
trabalha na terra.
casting call, sem elenco anunciado.
garota atraente, jovem, contracena com um
membro principal elenco.
casting call, sem elenco anunciado
estará em apenas um episódio da temporada.
jovem sentinela nortenho, contracena com
membro principal elenco.
casting call, ator frank blake escalado
o papel pedia um ator com “bom timing”.
marinheiro, 35-50 anos, seu rosto tem marcas do
tempo, e tem uma presença forte.
casting call, sem elenco anunciado
guarda, 20 anos, bom preparo físico,
dá cabo de qualquer luta.
casting call, sem elenco anunciado
guarda, 30 anos, tipo militar,
interage com membros principais elenco.
casting call, sem elenco anunciado
O personagem é um guarda profissional de confiança.
guarda, 25-35 anos, tipo militar,
que se dá bem em lutas.
casting call, sem elenco anunciado
O papel pedia um ator com agilidade
excelente e um rosto distinto.
garota com olhar triste, 9-11 anos, terá uma excelente
cena com um membro do elenco principal.
casting call, sem elenco anunciado
O papel pedia sotaque neutro do sul (ou não nortenho).
jovem mãe, 25-30 anos, mulher pobre em
situação de sobrevivência
casting call, sem elenco anunciado
o papel pedia visual natural e improvisação
gêmeas idênticas, 5-8 anos. a personagem (comum usar gêmeas
quando se trata de uma criança) aparece em um episódio,
mas em diversas cenas
casting call, sem elenco anunciado
o papel pedia naturalidade, expressividade.
cinco personagens pra uma cena sobre pechinchar por terras casting call, sem elenco anunciado
os papeis pediam improvisação
soldado, 30-40 anos, desempenho físico intenso casting call, sem elenco anunciado
o ator estará em uma cena de ação
garota de vilarejo, 18-25 anos, terá que praticar nudez casting call, sem elenco anunciado
atriz será atacada por um homem
homem de luto, 30-40 anos, comedido. casting call, sem elenco anunciado
cena altamente emocional

Cenários e cenas de ação

Cena de abertura da temporada

No início do ano, o elenco da série gravou uma cena interessante que foi descrita da seguinte maneira: é a cena de abertura da temporada, e acontece na Vila de Inverno, a área assentada nos arredores de Winterfell. A cidade abriga os plebeus que buscam proteção da Casa Stark, e provavelmente precisarão da ajuda de Winterfell mais do que nunca com os White Walkers indo para o sul.

O diretor David Nutter estava presente na época destas filmagens, o que faz sentido, já que ele será responsável pelos os episódios 8.01, 8.02 e 8.04.

Filmagens na Croácia

A cidade croata de Dubrovnik, que deu vida a Porto Real desde a segunda temporada, serviu de pano de fundo para as filmagens da capital de Westeros uma última vez. Conforme relatado pelo Dubrovnik Times, a equipe de Game of Thrones montou acampamento perto da Cidade Velha. As cenas foram rodadas em locais já familiares, como Lovrijenac e Bokar (Fortaleza Vermelha), e Baía de Pile (Portos e áreas de convivência do castelo).

Surgiram muitas fotos das gravações abertas nesta localidade. O Dubrovnik Times compartilhou as imagens a seguir, que mostram claramente tendas e objetos de cena sendo erguidos ao redor das paisagens:

Baía de Pile em Dubrovnik
Baía de Pile em Dubrovnik
Baía de Pile em Dubrovnik
Baía de Pile em Dubrovnik

Outros jornais locais divulgaram imagens das filmagens e do preparo de cenas a céu aberto.

Kit Harington e equipe. Photo: Grgo Jelavic/PIXSELL

O site croata Sata mostra Kit Harington vestido como Jon Snow em Dubrovnik, especificamente em na Torre Minčeta, um local em Dubrovnik que nunca vimos como Porto Real.

Minceta Tower. Photo: Grgo Jelavic/PIXSELL

Dias mais tarde, surgira fotos de Lena Headey, Tor Bjornsson e Kit Harington em cena juntos. Os produtores Benioff e Weiss, ao lado do diretor David Nutter, também aparecem nas imagens:

Photo: Tonči Plazibat/ Hanza Media

Acima temos mais um novo fugurino de Cersei, com aplicações de dourado nos ombros. Nas laterais da cena, também podemos ver algumas homens das capa dourada, que são frequentemente vistas guardando as muralhas da cidade. Abaixo, vemos Montanha e seu rosto terrível, e Jon Snow que desistiu de usar o cabelo preso.

Photo: Ivana Smilović / Dubrovnik Times
Photo: Ivana Smilović / Dubrovnik Times
Photo: Ivana Smilović / Dubrovnik Times
Photo: Ivana Smilović / Dubrovnik Times
Photo: The Dubrovnik Times

As cenas se tratam de uma Porto Real ainda sob domínio de Cersei, vide o estandarte Lannister exibido acima.

Uma nova Winterfell, sob cerco

Cenário em andamento para a oitava temporada (WotW)
Cenário com efeitos especiais da sexta temporada

Durante meses, a equipe de Game of Thrones trabalhou duramente no vilarejo de Moneyglass, na Irlanda do Norte, reconstruindo os cenários que dão vida ao castelo de Winterfell. É justo dizer que a remodelação do cenário foi extensa, já que toda a fachada do castelo foi refeita e novos pontos de vista adicionados. As torres que guardam o portão do castelo, juntamente com uma grande parte das muralhas externas, foram reconstruídas a partir do zero ou, no mínimo, amplamente repensadas. Entre novembro e abril, algumas imagens do castelo completo acabaram surgindo nas redes sociais:

Oakleaf Photography
WotW
WotW

Com a aplicação de efeitos visuais, Winterfell estará ainda mais deslumbrante. Comparada com temporadas anteriores, como podemos ver acima, aparentemente o castelo será filmado de diversos novos ângulos este ano. O novo cenário foi construído para que a HBO pudesse criar cenas práticas e completas das muralhas, ameias e campos exteriores, todos cobertos de neve.

Importante apontar que reformas na Winterfell de Moneyglass foram feitas durante temporadas anteriores por conta da deteriorização dos equipamentos que sofrem com o clima frio e tempestivo local. No entanto, é esperado que o castelo seja ponto central de grande partes das cenas, já que ele poderá ser a base de operações mais relevante do exército de Westeros, por estar geograficamente muito próximo da Muralha, que acaba de ser destruída pelos mortos, o dragão, os White Walkers e o Rei da Noite.

No início de dezembro, os blogs especializados começaram a dar como certo que Winterfell sofreria um ataque, e que a ofensiva que iria assumir a forma de um cerco prolongado. Além disso, assim como no caso de Porto Real, as cenas terão maquinários parecidos com trabucos, além de fossos ao redor das muralhas e neve a perder de vista.

O Sul contra o Norte

Como descrevemos no item anterior, as reformas nos estúdios de Moneyglass, revelaram que haveria algum tipo de cerco a Winterfell na 8ª temporada de Game of Thrones. A única questão ainda discutida era se o ataque viria dos White Walkers ou de um inimigo do sul, cabelos dourados, sentada no torno de ferro.

No entanto, fotos da Oakleaf podem ter esclarecido essa questão. Embora seja sempre possível que os White Walkers ataquem o castelo em algum momento da temporada, nas fotos abaixo é possível ver que são humanos vestidos com armaduras e postura combativa do lado fora de Winterfell:

Além das fotos, o leitor do WotW Catháir compartilhou este vídeo das filmagens. Você pode ouvir as vozes sincronizadas dos figurantes, que gritam a partir dos 45 segundos. O site especula que os soldados podem estar usando um aríete; isso poderia explicar porque parecem estar contando ou cantando em uníssono.

As criptas de Winterfell

No início de janeiro, o elenco retornou aos sets para realizar variadas cenas após o intervalo das festas de fim de ano.

Na época, foi dito que pelo menos nos dois primeiros episódios da oitava temporada veremos cenas nas criptas de Winterfell. Estas cenas foram filmadas novamente nas ruínas do Castelo de Shane, na Irlanda do Norte. Supostamente, em uma cena que levou dois dias para ser concluída, Jon Snow e Tyrion Lannister discutem a morte de Ned em uma conversa íntima.

O diretor de fotografia Fabian Wagner, que trabalhou com Miguel Sapochnik no terceiro e quinto episódios, postou uma bela foto do Castelo de Shane durante os bastidores das cenas.

Misty morning… #behindthescenes #cinematography #photography

A post shared by Fabian Wagner (@fabianwagner78) on

Isso provavelmente significa que as criptas estarão nos episódios de Sapochnik, além de aparecerem nos dois primeiros episódios.

Sangue em Winterfell

Photo: GoTlike Locations

Em uma das intensas diárias de filmagens, Moneyglass foi vista assim: repleta de neve falsa, exibindo o que parece ser um montante de simulações de cadáveres em campo: soldados e cavalos. Em um dos últimos dias de filmagens, surgiram nas redes imagens da situação do castelo após a batalha: muito sangue, muitos corpos.

Muitos corpos – https://twitter.com/jct_c
Muito sangue – https://twitter.com/jct_c

Fogo em Winterfell

A informação a seguir é de deixar qualquer um chateado. Em algum momento da temporada, Winterfell estará em chamas. E não será pouca coisa. Veja com seus próprios olhos:

Se o fogo virá de Cersei, de Viserion, ou o que seja, ainda não sabemos. As imagens são impressionantes, e parece se tratar do fim do castelo, ou no mínimo um estado alarmante de calamidade.

O Belfast Live corroborou com as informações do vídeo acima, feito por um fã. Como era de se esperar, este não foi apenas um incêndio aleatório, mas parte de uma grande seqüência de batalha que incluiu cerca de 400 ou 500 figurantes, o que coloca a cena no mesmo nível da Batalha dos Bastardos, e ou do episódio ‘The Spoils of War’.

A atriz Maisie Williams confirmou fazer parte de uma longa jornada de filmagens noturnas na cidade, que levaram 12 semanas para serem concluídas na época. Ao Metro ela disse que a tarefa foi grandiosa e difícil.

Os Imaculados

O WotW noticiou em novembro que o vilarejo de Toome, na Irlanda do Norte, também serviu de palco para uma cena de confronto entre os Imaculados e o exército dos mortos. Segundo a reportagem, o exército de Daenerys estaria empunhando novos tipos de lanças, feitas de obsidiana. As cenas levaram semanas para serem realizadas.

O tempo passou, e no início de 2018, a equipe da HBO retornou a uma locação muito conhecida pelos fãs em temporadas antigas: A pedreira de Magheramorne, que serviu como pano de fundo para as cenas das gloriosas Batalha de Blackwater, Durolar, e sequências diversas em Castelo Negro.

Já em fevereiro, uma gigantesca tela verde foi erguida no local próximo à pedreira. O equipamento ocupa um espaço considerável. Compare na imagem abaixo, o cenário usado para Castelo Negro à esquerda (com o branco da neve) e a estrutura sendo erguida à direita (o novo empreendimento):

Foto: GoTlike Locations
Foto: GoTlike Locations

Com as filmagens avançadas em março, o local foi ocupado por diversos figurantes e elenco do núcleo dos Imaculados. Foram relatadas armas em punho e muita neve.

Aparentemente, este é um dos andamentos da batalha de Winterfell que estava sendo realizada em Moneyglass. Segundo relatos, a tela verde aplicada em Magheramorne provavelmente será usada para elementos de sequência de ação que foram considerados “infilmáveis” em outros locais. Perceba como as tomadas em Magheramorne são todas feitas no período da noite.

Foto: Oakleaf Photography

Filmagens noturnas não dizem necessariamente que as cenas estarão no escuro na série também, é claro. Usar apenas luz artificial na produção das cenas pode permitir controle total de ambientações diversas. No entanto, é o inverno de Westeros e, se as histórias da Velha Ama estiverem minimamente corretas, as criaturas trazem a noite com elas.

Foto: Oakleaf Photography

Fica implícito que a ação em Winterfell e a luta dos Imaculados estejam interligadas de alguma maneira. Sendo assim, seriam pelo menos três grandes sequências: Os ataque que Winterfell sofreria do sul (Cersei), os Imaculados contra os mortos em campo aberto nos arredores do castelo, e ainda a dramática queima de Winterfell.

Watchers categoriza esta como a maior batalha da história de Game of Thrones, com cenas feitas em Toome, em Moneyglass e em Magheramorne. Apenas na região da pedreira, foram 55 noites consecutivas de filmagens para as imagens de um único episódio (produzido no total em dois meses e meio).

Jonathan Quinlan, um dos assistentes de direção da série, prestou homenagem a toda equipe em seu Instagram. Momentos depois, a imagem foi deletada, mas tudo o que cai na rede, permanece da rede:

Nota de agradecimento feita pela produção.

Nestes dois meses e meio de filmagens, a HBO dobrou o recorde anterior de produção para uma batalha de Game of Thrones – “The Battle of the Bastards” levou 25 dias, e “The Spoils of War” 23 dias.

Essa batalha de Winterfell será a maior e mais cara cena de ação que já vimos na TV. É claro que o tempo de filmagem não se traduz necessariamente em tempo de tela, portanto, essa pode ou não ser a batalha mais longa da série, mas certamente será a mais elaborada.

No entanto, especificamente no set da tela verde em Magheramorne, muitas outras cenas noturnas envolvendo exércitos, gelo, e fogo, foram filmadas. Separamos um tópico especial para listá-las.

A noite é escura e cheia de terrores

De escudo e elmo, estes parecem ser exércitos nortenhos. Foto: GOTLocations.

Nortenhos, Imaculados, membros da Irmandade, vivos, mortos. Todos parecem ter participado das cenas gravadas à noite na pedreira de Magheramorne. Concretamente, o único elemento de cena que conversa com todas as cenas produzidas aqui é o manto de neve no chão, e o intenso trabalho da produção em continuar aplicando spray de neve falsa entre uma tomada e outra. Como o inverno chegou a Westeros, qualquer lugar pode ser potencial para esses conflitos, portanto é muito difícil estabelecer se trata-se de uma mesma sequência ou se são histórias separadas.

O site Los Siete Reinos conta que, de acordo com suas fontes confiáveis, o exército do Rei da Noite avançará lentamente pela neve, em meio a fogueiras acesas. Essa será uma sequência de cenas aéreas do episódio três. A essa altura, no meio da temporada, o exército dos mortos será composto por selvagens e irmãos da Patrulha da Noite.

O site também conta que Nikolaj Coster-Waldau e Gwendoline Christie participaram das cenas na pedreira de Magheramorne. No episódio quatro, Jaime e Brienne lutarão lado a lado.

Os figurantes parecem ser do time dos mortos. Foto: GOTlikeLocations.

Os White Walkers são conhecidos por trazer uma “névoa branca” com eles. Máquinas de fumaça foram rotineiramente utilizadas para adicionar textura e atmosfera destas cenas neste local, simulando névoa e neblina. No entanto, fogo também está sendo utilizado neste set específico. Inclusive, há um vídeo circulando que mostra o que parece ser alguém empunhando uma espada flamejante:

Também é possível encontrar vídeos com parte do elenco se enfrentando, como no exemplo abaixo, embora seja basicamente impossível identificá-los:

Há relatos de que uma imensa batalha campal envolvendo Imaculados também foi realizada em Saintfield (IN), mesmo local em que a HBO criou a Batalha dos Bastardos. Especificamente sobre ela, não há muita informação.

Ainda em Saintfield, uma das últimas gravações da série, realizada em junho, aconteceu na Lessans Livery Yard and Riding Stablescom boa parte do elenco dothraki. Também não temos maiores informações sobre as cenas realizadas ali.

O povo dothraki

Titanic Studios em Belfast. Foto: LosSieteReinos.

Ainda em 2017, as primeiras notícias sobre a pré-produção da temporada envolviam a construção de cabanas dothraki. De acordo com o Los Siete Reinos, a cabana na imagem ao lado apareceu no set dos Estúdios Titanic sendo uma de três: duas do mesmo tamanho, e a terceira uma construção “muito maior”.

Durante toda a sétima temporada, não vimos como o povo dothraki se assentou em Westeros, se as mulheres acompanharam os guerreiros, e como eles absorveram o novo continente em sociedade. A presença das cabanas podem ser um indicativo de um possível acampamento no Norte, ou Porto Branco, local para onde Daenerys e Jon Snow estavam navegando em sua derradeira cena da temporada anterior.

Há é claro uma infinita gama de possibilidades para os dothrakis: viver em qualquer outro lugar de Westeros, possivelmente locais mais quentes. Ou quem sabe veremos Essos novamente? Difícil tentar prever o que pode acontecer nesse caso. Tem algum palpite? Divide com a gente ali em baixo na seção de comentários.

Mas a saga dothraki certamente não se resume a isso. Imagens das gravações na pedreira de Magheramorne no final de março revelaram que veremos dothraki wights nesta temporada. São, pela primeira vez, wights montando cavalos ativamente:

Foto: Hogwort.
Foto: Hogwort.
Foto: Hogwort.

Ver parte do povo que Daenerys levou para Westeros ter este fim será poderoso e triste.

O retorno às cavernas

As cavernas da região de Cushendun, utilizadas na segunda temporada da série por ter sido cenário onde Melisandre dá à luz a sombra, e também parte do acampamento de Renly, voltaram a ser usadas pela equipe da HBO.

Foto: GOTlike Locations.

A equipe não só gravou nas cavernas novamente como montou um cenário do zero no local, como mostra a foto acima. Tem chances de se tratar das cavernas que Dany e Jon visitam em Pedra do Dragão, mas é difícil dizer. Este ano a HBO não filmou cenas nas praias do País Basco, portanto não sabemos se as ilhas e paisagens de Pedra do Dragão serão exibidas uma última vez.

O retorno ao Fosso dos Dragões

No ano passado, noticiamos que a HBO teria dificuldades em filmar na Espanha para a última temporada devido a reformas que diversos locais histórias estariam passando durante o período de produção da série. No entanto, em março, a Comissão da Herança de Sevilha aprovou a utilização das Ruínas de Itálica para a série, e aqui vamos nós outra vez.

Em abril, a HBO iniciou os trabalhos na região. As gravações para o Fosso dos Dragões levaram um mês inteiro para serem concluídas, acabando em 28 de maio.

Preparação para a oitava temporada. Foto: va stark (@varcradel).

Esta duração não é comum, já que, para a sétima temporada, a HBO passou apenas uma semana no local filmando os atores, mesmo com grande parte do elenco reunido em uma mesma cena. Isso demonstra que algo muito especial foi criado ali para este ano.

Estiveram em Sevilha durante este mês os atores Kit Harington (Jon), John Bradley (Sam), Peter Dinklage (Tyrion), Nikolaj Coster Waldau Jaime), Sophie Turner (Sansa), Maisie Williams (Arya), Isaac Hempstead Wright (Bran), Liam Cunningham (Davos), Joe Dempsie (Gendry), Gwendoline Christie (Brienne), Conleth Hill (Varys), Tom Wlaschiha (Jaqen), Faye Marsay (Criança Abandonada), Vladimir Furdik (Rei da Noite), Iain Glen (Jorah) Lino Facioli (Robin Arryn), Gemma Whelan (Yara Greyjoy), Jacob Anderson (Verme Cinzento), Lena Headey (Cersei), Benioff e Weiss, e cerca de 40 figurantes.

Sim. Nada disso faz sentido. Em uma rápida pesquisa nos perfis das redes sociais destes artistas, você encontrará diversas fotos de confraternização no local. Isso ajudou a criar uma certa paranóia nos sites que cobrem esses vazamentos, já que pareceu ser o caso da HBO levar todo mundo para um mesmo lugar e tentar enganar paparazzis e fãs invasivos.

Vamos nos abster de apontar todas as atrizes e atores que faltam para evitar especulações indevidas, já que a situação parece delicada. No entanto, a ausência de Emilia Clarke foi largamente comentada por fãs na ocasião. Na época, ela estava em turnê intensa para divulgar Solo: A Star Wars Story. Alguns sites afirmam que a atriz apareceu dias mais tarde, quando grande parte do elenco já havia ido embora.

Alguns fãs levantaram a possibilidade desta reunião se tratar da gravação de algum feature ou documentário para o blu-ray da temporada. O elenco chegou a se reunir para assistir a uma partida de futebol entre Real Madrid e Sevilla:

por favor, não morram nessa temporada

E até mesmo os dublês do elenco e dublês de luta estiveram presentes na cidade:

Na imagem, dublês de Sansa e Tyrion.

Se você chegou até aqui e acha que arruinamos a oitava temporada de Game of Thrones pra você, calma. Tem muito mais.

O retorno a Jardim de Cima

Sim, veremos o castelo da extinta Casa Tyrell novamente. No entanto a HBO não retornou à Almodovar del Rio em Cordoba para a realização de cenas no local.

Aparentemente, filmagens realizadas em 2016, e que não foram utilizadas na sétima temporada, serão exibidas agora. A notícia foi confirmada pelo jornal local Cordópolis, e Los Siete Reinos.

Yara, Theon e os homens de ferro

De acordo com uma fonte do WotW, em dezembro aconteceram filmagens do núcleo dos homens de ferro nos estúdios de Banbridge, na Irlanda do Norte. A área usada foi a do navio com a tela verde, uma que a produção de Game of Thrones reutiliza regularmente para várias cenas em alto mar conforme necessário. Esta filmagem envolveu tanto Theon (Alfie Allen) quanto Yara (Gemma Whelan) e outros homens de ferro.

Os detalhes das cenas não ficaram claros. Quando vimos Yara pela última vez, ela estava sendo mantida como prisioneira por Euron em Porto Real. No entanto, nas gravações em Banbridge, nenhum outro personagem principal foi visto, o que indica que Euron (Pilou Asbæk) não estava presente. É possível, portanto, que Yara esteja livre do tio, ou que este seja exatamente uma cena de fuga ou conquista.

Há poucos meses, o Irish Thrones divulgou que a equipe da HBO estaria de volta as locações de Ballintoy, vilarejo da Irlanda do Norte. Ballintoy Harbour foi utilizado na segunda temporada, como Pyke das Ilhas de Ferro, e na sexta temporada, na cena da Assembleia de Homens Livres.

A cena fotografada parece tratar de personagens ao redor de uma fogueira. Photo: Oakleaf Photography

Cenário muito bonito. Um vídeo curto dos ensaios foi compartilhado nas redes. What is dead may never die!

Filmagens na Islândia

Os atores Emilia Clarke (Dany), Kit Harington (Jon), Kristofer Hivju (Tormund), Joe Dempsie (Gendry), Iain Glen (Jorah), Gwendoline Christie (Brienne) e John Bradley (Sam) participaram de um punhado de cenas gravadas na Islândia de acordo com a equipe do Vísir.

Informações adicionais não foram divulgadas além de imagem em aeroportos capturadas por fãs psicopatas.

Visitando os conquistadores

Os carros da equipe da HBO também foram vistos na região das Reales Atarazanas, em Sevilha. O cenário foi utilizado na sétima temporada como o salão que exibe os crânios dos antigos dragões Targaryen.

Retorno às Florestas

No mês de março, filmagens foram realizadas na área da Randalstown Forest. Um vôo de drone no local foi compartilhado no Youtube, e filmagens caseiras compartilhadas no reddit.

Por um breve período no mês de maio, a HBO trabalhou em cenas da série no Tollymore Forest Park. As placas de direção da produção foram erguidas no local, mas não há maiores informações sobre o assunto.

Dragões em novos (velhos) perigos

Se será usada contra Drogon, Rhaegal ou Viserion ainda não se sabe. Mas os dragões terão que enfrentar a balista de Qyburn mais uma vez.

Steve Bird e Luka Nieto gravaram e editaram este breve vídeo de um membro da equipe testando uma das novas balistas em frente ao Paint Hall no Titanic Studios este ano:

Três destas armas foram supostamente instaladas nas muralhas de defesa de Porto Real nos estúdios da série. Sobre essas muralhas, temos uma longa história para contar. A seguir.

Uma nova Porto Real, em ação

O site Los Siete Reinos, com o auxilio de muitos fãs irlandeses e agências de imagem, relataram meses a fio a construção de uma nova estrutura de cenário feita ao lado dos Titanic Studios, no estacionamento do Paint Hall em Belfast. No início, o local havia sido atingido pela tempestade  e autoridades locais anunciaram que a HBO havia sofrido algumas perdas em suas estruturas de cenários. No entanto, os trabalhos de construção seguiram por mais de seis meses seguidos.

Durante este tempo, a equipe do L7R havia levantado a possibilidade de poder tratar-se de um cenário de Westworld, e não Game of Thrones, por não se parecer com algo que veríamos em Westeros. No entanto, Westworld é filmada em Utah e na Califórnia, e não na Europa.

Conforme o tempo passou, ficou claro que este seria um novo cenário para Game of Thrones, algo grandioso. E que, para ser construído do zero nesta escala, teria grande chances de ser palco para uma cena monumental de ação, já que a HBO costumou trabalhar neste sentido ao longo dos anos em suas instalações nababescas a céu aberto.

A seguir, imagens que mostram o edifício sendo erguido em melhor detalhe.

As imagens acima, segundo as fontes, se tratam de muralhas de defesa de um castelo ou estrutura desconhecida. No entanto, a construção não parou por aí.

Com o desenho avançado, já era possível ver uma abertura entre as paredes que indicaria ser uma entrada de algum castelo ou portões de alguma cidade. Conforme as semanas se desenrolaram, foi ficando mais claro que veríamos aí uma sequência de ação incomum, porque a estrutura passou por testes de fogo controlado. Além disso, a produção instalou equipamentos que imitam trabucos de guerra, e alguns fãs locais conseguiram filmagens dos testes do equipamento:

Para se ter uma ideia da escala, o WotW aponta que o trabuco mede mais ou menos 7.6 metros de altura. A natureza das cenas que seriam feitas nos estacionamentos do Paint Hall foram foco de especulações por muito tempo.

No início de dezembro, os sites especializados tinham enfim notícias mais concretas. Este complexo construído fora dos estúdios Titanic foi usado para dar vida à cenários de várias ruas e construções da cidade de Porto Real. Neste ano, a produção da série criou essas estruturas ao invés de filmar apenas em locações abertas na Europa porque as cenas envolverão tomadas de ação intensas.

Com histórico de usar a Espanha, a Croácia e o País Basco, com seus diversos monumentos históricos protegidos pela UNESCO, tornou-se impossível realizar cenas da temporada em “lugares reais”.

A intenção da produção, como ficou muito claro, era a de destruir os edifícios livremente, usando fogo. Sim, em algum momento da oitava temporada, este será o destino da capital dos Sete Reinos de acordo com as fontes: invasões e dragões.

Ainda no final do ano, as construções haviam recebido tratamento de cor e textura:

Aos poucos, as construções e as ruas de Porto Real foram ganhando aspecto de cidade histórica que vimos anteriormente em Dubrovnik, Girona e Cáceres. Aparentemente, esses cenários serão um dos portões de Porto Real, com as muralhas de defesa ao longo dos lados e as ruas da cidade atrás deles.

Em fevereiro, o resultado (divulgado via empresa de construção locais no Facebook) já era impressionante:

Photo: Stira Folding Attic Chairs
Foto: Stira Folding Attic Chairs
Foto: Stira Folding Attic Chairs

Além disso, assim como no caso de Winterfell que vimos tópicos acima, a HBO construiu detalhes que anteriormente foram completamente dispensáveis no cronograma de produção. Elementos que, no passado, eram finalizados com efeitos especiais ou criados nos estúdios fechados. No entanto, desta vez, tudo foi idealizado nos mínimos detalhes e a céu aberto: torres diversas, fachadas inteiras, telhados bem acabados, portões, detalhes realistas das muralhas e pedras e principalmente ameias por toda a parte.

 

As Muralhas de Porto Real.
Foto: Colm O’Reilly / Sunday Life

Em março, a produção trabalhava na inclusão de um portão arqueado nas muralhas da cidade. Tantos detalhes sobrepostos revelavam que esta seria uma estrutura modular, para que a cena de ação ou batalha pudesse ser filmada em dois estados: antes e depois de um ponto de virada na qual Porto Real seria violada.

Foto: Jeff McCrory
Foto: Jeff McCrory

Semanas mais tarde, uma cúpula foi instalada em uma das torres principais. Percebe-se que a ideia é recriar a Cidade Velha de Dubrovnik e o Castelo de TrujilloGirona e Cáceres, dentro dos estúdios.

Photo: GOTlikeLocation

A abóbada acima é uma recriação quase exata da cúpula que fica no topo da Igreja de St. Blaise em Dubrovnik:

Construção da HBO. Foto: A Red Priestess (esquerda) / St Blaise’s Church em Dubrovnik (direita)

Mais tarde, foram adicionadas telas verdes nas laterais da engrenagem:

Photo: A Red Priestess

Também foi erguida e pintada a fachada da Fortaleza Vermelha de Cersei. Uma nas hipóteses é a de que a invasão à Porto Real acontecerá em um dos portões mais próximos da Fortaleza Vermelha. De acordo com os livros, seria algo como o Portão de Ferro, embora o Portão do Dragão não esteja muito longe também.

Photo: A Red Priestess

Quem invadirá a casa de Cersei? Os White Walkers? Daenerys? Os dois?

Segundo o Belfast Telegraph, esse cenário modular custou 1 milhão de libras. O jornal também afirma que o set de Porto Real não será demolido após o final das gravações, e que a HBO pretende usá-lo como atração turística, e “para projetos de filmes“.

O diretor de cinema George Lucas visitou o complexo durante este período. A informação veio da atriz Emilia Clarke, que falou sobre isso durante a turnê de Solo: A Star Wars Story.

No final da abril, as gravações no estúdio modular finalmente tiveram início. As primeiras imagens vazadas mostravam formações de Imaculados e dothrakis:

No local também foram vistos dublês e figurantes trabalhando como arqueiros. Tem gente que jura que tem imagens disso, mas a gente não conseguiu identificar.

Dias mais tarde, o Los Siete Reinos revelou que as empresas locais de Belfast, próximas ao Titanic Quarter, receberam um aviso: explosões controladas seriam empregadas no set. Depois disso, vídeos e imagens surgiram nas redes sociais mostrando incêndios e parte da cidade destruída:

Foto: A Red Priestess
Foto: A Red Priestess
Foto: A Red Priestess

De acordo com os relatos, essa não será a típica cena de batalha de soldados armados: a cena do ataque a Porto Real, contou com mais de 600 figurantes – entre eles mulheres, o que aponta para civis sendo pegos no fogo cruzado. Foram, ao todo, três meses de filmagens neste set, sendo três semanas usadas para uma sequência específica envolvendo dragões.

Na região dos estúdios também foram divulgadas imagens do “maquinário verde” usado para dar vida aos filhos de Daenerys da série.

Photo: A Red Priestess

Por último, imagens do interior do Paint Hall revelaram o que aparenta ser a sala do trono em ruínas.

Photo: GOTlike Locations

Semelhança com a cena da visão de Daenerys na Casa dos Imortais? Imagina. Mera coincidência. Na verdade as estruturas são bem diferentes, mas… o tempo dirá.

E por aqui, acabam as informações sobre cenários e cenas. As filmagens da grande estrutura criada para Porto Real foram as últimas realizadas da história da série. Acabou.

Na ocasião, tivemos relatos de pelo menos dois atores presentes em estúdio para a última cena do cronograma: Kit Harington e Maisie Williams – que usou seu Instagram para compartilhar que foi “a última mulher em pé”.

Alguns dias mais tarde, Sapochnik também se despediu, via Twitter.

Maquiagem e hairstyling

Nesta categoria, há quase um ano, a atriz Emilia Clarke revelava em seu Instagram pessoal que finalmente a interpréte de Daenerys em Game of Thrones teria os cabelos platinados na vida real. Sabemos que lifestyle de celebridades não é exatamente informação relevante para as nossas vidas, e que possivelmente a notícia não significa absolutamente nada. No entanto, algumas pessoas levantaram a hipótese de se tratar de uma mudança que a própria Daenerys poderá sofrer ao longo dos episódios, como um dramático corte de cabelo, por exemplo. Neste sentido, a personagem poderia estar mais livre para enfrentar cenas de batalhas e outras situações, assim como a personagem de George R. R. Martin, que passa grande parte da história careca.

É relevante apontar que o corte pode ter ocorrido também por praticidade, e que Emilia ainda pode ter usado extensões no cabelo para dar mais realismo durante as possíveis cenas de vôo que veremos na série no próximo ano.

Movendo o assunto para outra personagem, na primeira semana de gravações, Lena Headey divulgou esta foto com Candice Banks e Kev Alexander, membros da equipe de maquiagem e adereços da série.

Ela evidencia “cabelos e dentes”. Impreciso dizer se trata-se de uma brincadeira da produção, ou se pode ser uma dica sobre Cersei na temporada final. Uma possível mudança nos cabelos de Cersei e Daenerys pode identificar inclusive uma passagem de tempo. Mas, volto a repetir, é muito difícil tentar prever os rumos desta oitava temporada de Game of Thrones. Tô aqui passando vergonha tentando adivinhar qualquer coisa.

O hairstylist de Game of Thrones, Kevin Alexander, postou em outubro em sua conta de Instagram uma imagem de seu trabalho com a atriz Gwendoline Christie. A foto foi deletada dias mais tarde, mas alguns fãs subiram uma cópia para o Twitter.

Não se sabe, no entanto, se a imagem foi deletada por conter informações sobre o visual de Brienne na nova temporada.

Essa foto foi tirada durante o período de gravações, na premiere do filme ‘3 THINGS’

Em entrevista à ShortListNikolaj Coster-Waldau revelou que Jaime estará com um novo visual para a nova temporada. De acordo com o ator, este ano, Jaime exibirá uma barba saliente.

De um modo geral, não será algo extremo, mas exibirei uma barba cheia. Me chame de Hairy Styles.

 

Unidades de filmagem

Para acelerar e dinamizar a produção das cenas que acontecem em diversos países como Irlanda do Norte, Islândia, Croácia, Espanha, entre outros, a HBO montou ao longo dos anos unidades de gravação distintas, que eram batizadas de WOLF, DRAGON ou RAVEN (esta, usada apenas durante a terceira temporada). Mas, este ano, tudo mudou.

O ator Iain Glen (Jorah) revelou durante participação na Stockholm Comic Con que, pela primeira vez, Game of Thrones iria trabalhar com apenas uma unidade de filmagens.

Estamos todos começando a ocupar o mesmo território, estamos todos começando a estar nas mesmas histórias e, portanto, eles não poderiam mais ter duas unidades de filmagem. Acho que esta última temporada irá demorar muito mais para ser filmada, porque eles só poderão usar uma unidade, já que estamos todos no mesmo tipo de cena.

Segurança e sigilo dos roteiros

Por consequência do considerável número de informações de set espalhadas por sites especializados, e episódios inteiros vazados em torrent, a HBO conseguiu montar, pelo menos até agora, um sistema eficaz contra disseminação de notícias relacionadas à produção da oitava temporada de Game of Thrones.

De acordo com os relatos, este ano a leitura de mesa dos seis episódios da temporada aconteceu entre dois dias corridos na primeira semana de outubro. Após o table read, o elenco teve apenas uma semana de ensaios, o que na teoria parece algo completamente improvável, ainda mais tratando-se de uma temporada que com certeza estará repleta de cenas de ação, e que ocupou nove meses de trabalho ao todo.

notícias de que o elenco esteve proibido de tirar selfies com fãs em aeroportos, hotéis ou ruas nas extremidades dos locais de filmagens. No entanto, isso não inibiu o público neste sentido. O elenco também foi aconselhado a não informar jornalistas sobre data de gravações. Emilia Clarke chegou a afirmar que a HBO emitiu uma “proibição estrita das mídias sociais” para toda a produção.

Em Belfast, durante um longo período, o vôo de drones tornou-se proibido pelas autoridades locais, para evitar filmagens e compartilhamento de imagens não autorizadas dos estúdios Paint Hall. Em tempo, drones estavam proibidos na área desde 2015. No entanto, aparentemente na época as regras não haviam sido respeitadas, e os irlandeses tiveram que usar águias treinadas para derrubar invasores.

O ator Liam Cunningham (Davos) disse em entrevista ao IGN que nas últimas temporadas, os roteiros passaram a ser digitais para evitar que cópias físicas fossem parar na internet. Este ano, a produção foi ainda mais longe em seus esforços para evitar vazamentos:

Eu recebi os seis roteiros, consegui todos eles, mas não consigo abri-los, por causa de toda a segurança. E eu não posso levá-los para casa comigo.

Nikolaj Coster Waldau (Jaime) foi entrevistado no Skavlan, um talk show escandinavo, e confirmou as informações de Liam, dizendo que a sigilo do texto foi necessário após a HBO ser atacada por hackers.

Há ainda uma nota que o presidente de programação da HBO Casey Bloys, com ajuda do elenco, espalhou durante semanas sempre que possível sobre Benioff & Weiss terem escrito múltiplos finais para a série, de modo que os próprios atores sequer saberiam qual seria o verdadeiro.

Até hoje, não ficou claro que essa informação pode ter sido apenas uma brincadeira ou uma maneira de despistar a imprensa, ou se de fato cenas pequenas com plots decisivos foram gravadas com variadas versões. Ou ainda que essas versões alternativas estavam apenas presentes nos roteiros, mas não foram finalizadas em cena.

Nada disso impediu, é claro, que a gente pudesse juntar tanta informação pra vocês neste artigo. Mas comparado a anos anteriores, este ano o número de detalhes expostos foi consideravelmente menor.

Pedimos, como sempre, para que tudo o que foi lido seja absorvido com a mesma desconfiança que só um fã de Game of Thrones pode ter com absolutamente qualquer coisa sobre a história. Se algo não se desenvolver como o previsto, a jornada até 2019 irá revelar.

Frases do elenco sobre a oitava temporada

Reunimos algumas ideias gerais ditas pelo elenco de Game of Thrones em entrevistas nos últimos meses.

  • John Bradley (Sam Tarly), em entrevista ao Huffington Post conta que todos os seis episódios da 8ª temporada “serão monumentais“. Segundo ele, o folclore ao redor do “9º episódio” das temporadas de Game of Thrones se aplica a todos os episódios da última temporada.
  • Kit Harington (Jon Snow), em entrevista para a BBC1, conta que chorou lendo o final da história: “Será um ano estranho“.
  • Ben Crompton (Edd Doloroso) ao Chronicle Live, disse: “Honestamente, você verão algumas coisas jamais vistas na televisão.
  • Sophie Turner (Sansa) para a Variety: “Para Sansa, essa temporada é uma luta mais passional, do que uma luta política envolvendo manipulação“.
  • John Bradley (Sam Tarly) confirmou ao TV Guide que Sam e Bran continuarão a trabalhar juntos: “eles poderão usar as habilidades um do outro tanto quanto suas próprias, para mexer um pouco as coisas à medida que avançamos a história“.
  • Sophie Turner (Sansa) para o Hollywood Reporter: “Teremos elementos maiores e mais fantásticos, que sempre estiveram por toda parte, mas desta vez estarão maiores, e há grandes papéis nesta temporada (…) Teremos mais relações formadas nesta temporada do que qualquer outra, e mais pessoas se encontrando e mais conspirações, intrigas e formação de alianças. (…).
  • Nikolaj (Jaime) para a Variety: “Nesses seis episódios gravamos o dobro do que teríamos gravado nas temporadas anteriores.
  • John Bradley (Sam Taly) novamente ao TV Guide: “Cada um dos personagens este ano é colocado em um ambiente completamente alienígena em algum momento da temporada, um lugar em que eles nunca foram colocados antes. A emoção é ver como eles reagem a isso. Nesta temporada, eu acho, mais do que qualquer outra, esses personagens estão no limite.
  • Lena Headey disse ao Mashable que achou o final “bastante surpreendente“.
  • Joe Dempsie (Gendry) contou ao Metro: “É um final que eu não acho que muitas pessoas estarão esperando, e eu acho que as pessoas gostarão muito.
  • Hannah Murray (Gilly) disse ao Insider: “A última cena que filmei foi a que eu teria escolhido para ser minha última na série. Foi um dia muito especial.
  • Nikolaj (Jaime) revelou à WRadio: “Eu amei trabalhar com Liam Cunningham, que interpreta Davos Seaworth. Trabalhamos juntos e agora nos damos muito bem. Dizer mais que isso seria spoiler“.

Esperamos que essas informações auxiliem a apreciação da temporada para cada um de vocês. À medida que novas informações surgirem, atualizaremos o site. Gostaríamos muito de saber o que vocês acham sobre este dossiê. Deixe seu comentário.