Arya-and-Syrio-arya-stark-30559237-1920-1080

A declaração foi feita por Bryan Cogman, roteirista de Game of Thrones e editor geral da adaptação da série de livros para a TV. Bryan é o cara que escreve os episódios mais legais da série. Fã absoluto dos livros, ele auxilia diretamente David Benioff e Dan Weiss nos textos e nos cortes que vemos na relação livros X série. Bryan também é um cara que sofre bastante na mão dos fãs, tendo surtado e travado verdadeiros julgamentos por combate via Twitter inúmeras vezes (tendo até deletado sua conta na rede social durante a segunda temporada por conta dos insultos que recebia diariamente, para voltar apenas no início deste ano).

Vamos aos fatos. Nesta semana, Bryan participou do podcast do site Winter is Coming, para comentar o último episódio escrito por ele (The Laws of Gods and Men). Na marca de 54 minutos, ele começa a destruir os sonhos de muitos leitores. Eles estão conversando sobre as coisas bobas que vemos nos livros mas não na série, como os outros gatinhos de Tommen e então:

Sinto falta de Nymeria
Bryan: Mas Nymeria já apareceu na série.

Sinto falta Syrio, o que aconteceu com Syrio Forel?
Bryan: Syrio também apareceu na série. Bem, você sabe, Syrio está morto.

É mesmo? Já podemos confirmar isso? Porque eu tinha alguma esperança.
Bryan: George já confirmou, você sabe…

Ah, eu sei, mas por favor Bryan Cogman, mude isso… Traga-o de volta.
Bryan: Sim, é o que o Cão diz, ele enfrentou um homem sem armadura e com uma espada de madeira.

Mas não podemos ligar para o que o Cão disse, porque Ramsay luta nesse último episódio e não usa armadura.
Bryan: Bem, para ser justo eu não escrevi que ele estaria sem camisa, mas hey… (risos) Bem, sim, de qualquer maneira … Sim, ele está morto.

Bryan usa a justificativa de que George já confirmou isso. Em 2005, durante uma tarde de autógrafos em NY, alguém perguntou a George se Syrio estava morto já que ele estava justamente lutando com uma espada de madeira contra um homem que estava devidamente armado. George então pediu para que nós ‘tirássemos nossas proprias conclusões’ (veja aqui). Normalmente quando alguém faz esse tipo de pergunta (qualquer coisa que evoque teorias), George se irrita e não responde nada abertamente. É claro, ele deve preferir que a gente especule e debata a sua obra ao invés de ganhar respostas prontas (de vez em quando ele até nos dá algumas).

Bom, Bryan também disse algumas coisas bem bacanas nessa entrevista ao podcast:

1) A cena da Cabana de Craster no episódio “Oathkeeper” foi a mais difícil de ser escrita, e a cena foi censurada do jeito que ela foi originalmente pensada.
2) Bryan Cogman fez um cameo em Pedra do Dragão nesta temporada (veja aqui).
3) A cena do Forte do Pavor que vimos no episódio “The Laws of Gods and Men” era para ter sido uma longa sequência, mas foi cortada na hora das filmagens.
4) George R. R. Martin pediu para que na série o Banco de Bravos fosse mostrado de maneira mais detalhada do que é nos livros.
5) Originalmente, a primeira cena de “The Laws of Gods and Men” era pra ser a de Drogon.
6) A cena de Hizdhar com Dany foi uma homenagem a Antígona.

Indicamos sempre que vocês sigam o roteirista no Twitter.