Os Ventos do Inverno – The Winds of Winter

Montagem de capa de Os Ventos do Inverno
Possível capa de The Winds of Winter, baseada em arte feita por um fã.

The Winds of Winter é o sexto livro de As Crônicas de Gelo e Fogo, de George R. R. Martin. Quando Os Ventos do Inverno vai ser publicado? Não há previsão. Essa é a verdade nua e crua. Martin ainda não terminou de escrever o livro, então não é possível determinar a data de lançamento. Mas calma! Isso não significa que não existem notícias sobre Os Ventos do Inverno, e aqui você encontrará muitas informações sobre o livro.

Afinal, por que The Winds of Winter está demorando tanto? George R. R. Martin parou de escrever? Existem atualizações sobre o processo de escrita? Respondemos a essas perguntas nesta página. Ao longo dos anos, Martin já deu atualizações sobre o progresso e deixou escapar alguns spoilers do livro. Existem também onze capítulos de Os Ventos do Inverno que ele já divulgou ou leu em público, e que trazemos traduzidos aqui.

Esta página traz ao leitor tudo o que é possível saber atualmente sobre The Winds of Winter. Fica o aviso: a partir daqui, tudo pode ser considerado spoiler. Mas se quiser informações e notícias sobre Os Ventos do Inverno, continue lendo!

FAQ

Primeiro, uma pequena lista de perguntas mais frequentes sobre The Winds of Winter. São as dúvidas e confusões mais comuns dos leitores, que serão respondidas de forma simples e direta.

    • P: Quando Os Ventos do Inverno será publicado?
      R: Não há data oficial para o lançamento de Os Ventos do Inverno. “Quando estiver pronto“, nas palavras de George R. R. Martin, que ainda não terminou de escrever.
    • P: Já existe algum material de Os Ventos do Inverno disponível?
      R: Sim. Existem onze capítulos do livro já divulgados ou lidos por Martin em público. Eles foram traduzidos para o português pela equipe do Gelo & Fogo, e podem ser lidos aqui.
    • P: George R. R. Martin parou de escrever Os Ventos do Inverno? Ele abandonou os livros para cuidar de outros projetos?
      R: Não. Ele continua trabalhando no livro. Desde o começo da escrita de As Crônicas de Gelo e Fogo, em 1991, Martin sempre teve outros projetos. Ele já disse, porém, que trabalha em Winds mais do que em qualquer um. Chegou, inclusive, a abandonar alguns deles para se dedicar mais ao livro.
    • P: É verdade que o livro só vai ser publicado depois que a série de TV Game of Thrones acabar?
      R: Não. O motivo pelo qual o livro ainda não foi lançado é simplesmente porque não foi terminado. Editoras são um negócio, e as de Martin nunca deixariam de publicar um livro tão antecipado quanto Winds se ele já estivesse finalizado. Martin já se referiu à ideia de que teria terminado os livros, mas não os publicado como “a teoria mais ridícula“.
    • P: George R. R. Martin está escrevendo Os Ventos do Inverno e o sétimo livro ao mesmo tempo?
      R: Não. Martin já esclareceu (mais de uma vez) que não está escrevendo os dois livros juntos.
    • P: George R. R. Martin dá dicas em forma de enigma sobre quando Os Ventos do Inverno será publicado?
      R: Não. O autor declarou que quando terminar a escrita, informará em seu blog.
    • P: É verdade que George R. R. Martin tem uma doença grave e já foi internado várias vezes?
      R: Não. Nunca houve notícias a esse respeito.
    • P: Quanto tempo depois da edição em inglês Os Ventos do Inverno será lançado no Brasil?
      R: Não existem informações oficiais, mas presumivelmente (com base em publicações dos livros anteriores, tanto da série principal quanto de história imaginária), o livro deve ser lançado em português alguns meses depois da edição em inglês.

Atualizações sobre a escrita

À primeira vista, pode parecer que estamos totalmente no escuro quanto à escrita de Os Ventos do Inverno, mas isso não é verdade. Ao longo dos anos, Martin e suas editoras já revelaram um pouco do andamento do livro. Nesta seção, vamos recapitular tudo o que veio a público sobre o progresso na escrita de The Winds of Winter. Pelas fontes, agradecemos a Jeff Hartline (“BryndenBFish”) pela compilação que fez no Wars and Politics of Ice and Fire.

Winds terá conteúdos escritos por Martin em diversas épocas, não apenas a partir de 2011, quando ele terminou A Dança dos Dragões. Alguns capítulos foram escritos para o próprio Dança, e alguns até para O Festim dos Corvos. Acontece que no processo de edição eles foram cortados e passados para o livro seguinte (como aconteceu com outros volumes da série). Esses capítulos totalizaram aproximadamente 100 páginas. Após terminar de escrever e editar Dança, George tirou alguns meses para descansar e fazer o tour promocional do livro, antes de reiniciar a escrita do seguinteEle provavelmente voltou ao trabalho em Ventos em janeiro de 2012.

Anne Groell com manuscrito de A Dança dos Dragões
Anne Groell, editora de George R. R. Martin, com o manuscrito de A Dança dos Dragões. Fonte: Unbound Worlds.

No fim de 2012, ele revelou que já tinha escrito aproximadamente 400 páginas, das quais 200 estavam finalizadas e 200 pendiam de revisão. Anne Groell, a editora de Martin, disse que em fevereiro de 2013 ele entregou 168 páginas para formalizar um contrato – provavelmente as “200” finalizadas que ele havia mencionado no ano anterior. Em abril, George disse ter um quarto do livro, o que possivelmente corresponde às “400” anteriormente mencionadas (uma vez que ele já disse que Winds terá mais ou menos 1500 páginas manuscritas).

A partir daí, as informações sobre o progresso passaram a ser menos sobre números de páginas e mais sobre o processo de escrita em si. Martin passou a tomar decisões para dedicar mais tempo ao livro. Decidiu, por exemplo, não fazer uma ponta na quarta temporada de Game of Thrones. Na verdade, a quarta foi a última temporada da série de TV para a qual ele roteirizou um episódio. Além disso, o autor também diminuiu sua agenda de aparições públicas em convenções e outros eventos.

Em janeiro de 2016, George fez uma grande publicação em seu blog sobre o progresso do livro. Ele revelou que tinha centenas de páginas e dúzias de capítulos completos, mas que ainda faltavam (no mínimo) meses para terminar a escrita do livro. Esse aparente otimismo não significou muito em termos de lançamento, mas dá a entender que de fato o autor já tem uma quantidade considerável de material. No entanto, outra informação relevante que ele divulgou nesse post é que estava tendo que reescrever muito do que já estava pronto (o que ele dissera anteriormente não estar fazendo tanto quanto nos livros anteriores). O perfeccionismo parece ser, mais uma vez, um dos grandes percalços de Martin, portanto.

Nos anos seguintes, Martin se manteve relativamente otimista, achando ser possível terminar o livro dentro de um ano. Em julho de 2017, ele disse ser possível que dois livros de Westeros fossem publicados em 2018: o primeiro volume de Fire & Blood (livro de “história imaginária“) e Winds. Nesse post, ele aproveitou para dizer que as “matérias” que circulam e dizem que ele terminou o livro mas não publica por alguma razão, ou que não tem nenhuma página escrita, são “idiotas”.

Em fevereiro de 2018, porém, Martin esclareceu que o primeiro volume de Fire & Blood será publicado antes de Ventos, e o segundo depois. Em abril de 2018, confirmou-se que Os Ventos do Inverno não será publicado em 2018. Martin anunciou que o primeiro volume de Fire & Blood será lançado em novembro de 2018, e que Winds não será publicado no mesmo ano. O autor revelou que houve sugestões de seus editores para que dividisse o livro em dois volumes, mas que ele vem resistindo a essa ideia.

Atualmente, a previsão mais otimista para o lançamento de Os Ventos do Inverno, sexto livro de As Crônicas de Gelo e Fogo, é 2019.

Possível capa de The Winds of Winter
Segundo George, em 2016, essa era a capa provisória. Ela foi, no entanto, criada por um fã.

Capítulos de Os Ventos do Inverno

Capítulos divulgados

Clique aqui para ler onze capítulos de Os Ventos do Inverno traduzidos.

Desde a publicação de A Dança dos Dragões, capítulos de The Winds of Winter já foram divulgado por diversos meios. Alguns deles foram publicados como teaser em edições de Dança, outros no aplicativo oficial ou no site oficial de Martin. Alguns não foram divulgados em forma escrita, mas lidos por George em convenções. No total, são onze capítulos, oito dos quais existem em versões completas. Os outros três estão incompletos ou em forma de resumos (por não existir transcrição completa). Os personagens são:

  • Theon Greyjoy;
  • Victarion Greyjoy;
  • Tyrion Lannister (dois);
  • Arianne Martell (dois);
  • Barristan Selmy (dois);
  • Arya Stark (“Mercy”);
  • Sansa Stark (“Alayane”);
  • Aeron Greyjoy (“O Abandonado”).

A maioria desses onze capítulos são bem antigos (talvez a única exceção seja o segundo de Tyrion). Eles foram originalmente escritos por George para A Dança dos Dragões, mas acabaram sendo cortados da versão final do livro, e transferidos para Winds. Alguns deles podem ser ainda mais velhos. Martin já disse que a primeira versão de Mercy data de antes de 2004, por exemplo.

Gelo & Fogo traduziu esses onze capítulos para o português, e os disponibiliza gratuitamente para seus leitores. Você pode acessar o documento com os capítulos traduzidos de Os Ventos do Inverno clicando aqui.

Outros capítulos conhecidos

George R. R. Martin escrevendo Os Ventos do Inverno
George R. R. Martin trabalhando em The Winds of Winter, durante aparição ao vivo no Last Night Tonight. Na tela, um capítulo de Asha Greyjoy.

Em 2018, George declarou que não vai mais divulgar capítulos antes do lançamento do livro. Por outro lado, o autor já revelou, direta ou indiretamente, que outros personagens retornarão como POVs (pontos de vista). São eles:

  • Bran: um leitor visitou a Biblioteca Cushing, na Universidade Texas A&M, que possui manuscritos dos livros de Martin, entre eles A Dança dos Dragões, e notou que havia menção a um capítulo de Bran que não estava no livro final;
  • Asha Greyjoy: em uma aparição no programa John Oliver’s Last Night Tonight, em 2014, George foi filmado ao vivo em sua casa em Santa Fe, enquanto trabalhava em seu computador; zoom da imagem revelou que era um capítulo de Asha;
  • Theon Greyjoy: na grande postagem de atualização de 2016 em seu blog, Martin revelou que revisara um capítulo de Theon há pouco tempo;
  • Areo Hotah: em seu blog, em 2016, Martin confirmou que Hotah continua como ponto de vista;
  • Cersei Lannister: em sua participação na Balticon, em 2016, George disse que estava trabalhando em um capítulo de Cersei antes de viajar para o evento;
  • Melisandre: na Feira Internacional do Livro de Guadalajara, em 2016, o autor revelou que informações sobre Asshai podem aparecer nos capítulos de Melisandre;

Por outras declarações menos diretas de Martin, é possível inferir que outros personagens continuarão como POVs:

  • Jon Connington: Em 2010, no processo de escrita de Dança, George disse que pretendia escrever três capítulos de Arianne (dos quais já havia escrito dois) e um capítulo de ligação entre eles, mas que todos haviam sido movidos para Winds. Presume-se, pelo conteúdo dos dois POVs divulgaods de Arianne, que o capítulo de ligação seria de Connington.
  • Daenerys Targaryen: Em 2011, George revelou que o dothraki Mago não estava morto nos livros (como na série), e que ele seria um coadjuvante em Winds. Além disso, em 2012, ele disse no blog, também, que estava escrevendo sobre os dothraki, do que é possível inferir que seja em capítulos de Daenerys também. Mago é um dos companheiros de sangue do Jhaqo, um dothraki que Daenerys encontra no final de Dança.
  • Davos Seaworth: Em 2013, Martin apareceu em uma palestra na Universidade Texas A&M, e foi perguntado sobre a possibilidade de atuações de atores na série de TV influenciarem a escrita de seus personagens. Ele respondeu que talvez fosse o caso com Osha. Nos livros, Osha está em Skagos com Rickon Stark, e Davos se dirigiu à ilha para resgatá-lo.

Spoilers

Ao longo dos anos, além dos capítulos divulgados, George R. R. Martin revelou alguns spoilers de The Winds of Winter em entrevistas ou convenções. A seguir, listamos o que já o autor já divulgou sobre o livro. Pela compilação dos links, mais uma vez créditos a BryndenBFish.

Spoilers gerais

Batalha de Meereen em The Winds of Winter
A city in Slaver’s Bay besieged. Arte: Ignacio Lozano. © Fantasy Flight Games.

Spoilers específicos

Game of Thrones dará spoilers de The Winds of Winter?

Além dos spoilers revelados pelo próprio Martin, David Benioff e D.B. Weiss também já revelaram incidentalmente que alguns eventos que acontecem em Game of Thrones vieram diretamente do autor dos livros:

No entanto, é importante ressaltar a diferença existente entre as histórias das Crônicas de Gelo e Fogo e da adaptação televisiva. Embora possa parecer que a série de TV já revelou todos os eventos subsequentes das Crônicas, não é necessariamente o caso. Muitas grandes revelações e fatos serão, é claro, coincidentes, mas os trajetos até eles serão fundamentalmente diferentes nos dois meios. Além disso, alguns acontecimentos da TV sequer estarão nos livros.  Martin já falou expressamente sobre o assunto:

“Vocês podem ver coisas extremamente chocantes acontecendo na próxima temporada ou nas próximas, mas não sei se poderia considerá-las spoilers, porque elas nunca vão acontecer nos livros. Elas não podem acontecer nos livros, porque a série e os livros tomaram caminhos diferentes.”
(Visita de George R. R. Martin à SF-Bokhandeln, Estocolmo, Suécia. 23 de junho de 2015)

“[Os produtores] são independentes, Eles podem fazer o que quiserem. Eu não tenho nenhum poder… nenhum direito contratual [para impedi-los]. Eu faço consultas com eles. Falo com eles regularmente. É claro, anos atrás tivemos uma série de encontros bem longos, em que contei a eles alguns dos grandes twists e eventos enormes que viriam nos últimos livros. Então eles têm abordado alguns desses, e feito algumas revelações, mas também têm se afastado de diversas formas.”
(Fantasy Needs Magic. Meduza. 22 de agosto de 2017)

A diferença nas duas histórias não se confunde com a hipótese de que George esteja esperando o final da série de TV para escolher como vai encerrar seus livros. Não vamos nos delongar muito sobre essa ideia irracional, e apenas reproduziremos o que o próprio Martin disse sobre isso: “Nada vai mudar meus planos para os livros”. Assim, as diferenças que eventualmente existirem entre livros e TV serão fruto de decisões adaptativas dos produtores da série, e limitações (ou liberdades) inerentes aos meios. Não existe um intuito central de George R. R. Martin de fazer diferente.