House of the Dragon — O guia completo

A série House of the Dragon (ou “Casa do Dragão” em tradução livre), a nova empreitada da HBO em sua parceria com George R. R. Martin, tem estreia prevista para 2022. A série abordará a história da Casa Targaryen em Westeros, e adaptará eventos contidos no livro Fogo & Sangue.

Anos antes do término de Game of Thrones, os executivos da empresa buscaram com pressa adaptar mais uma série de histórias baseadas nos livros do autor de As Crônicas de Gelo e Fogo. Muitas destas histórias, contudo, não passaram da sala de roteiros. Uma série sobre a Era dos Heróis chegou a ter encomenda de piloto, com um time grande de estrelas no elenco, apenas para ser engavetada em seguida. House of the Dragon, no entanto, foi encomendada sem precisar se provar, apenas com a promessa de ser uma série com grande valor de produção, e a responsabilidade de um dos diretores mais celebrados da HBO como um dos produtores.

House of the Dragon HBO
Os primeiros 160 anos da Casa Targaryen em Westeros, por Douglas Weathley.

O conceito de House of the Dragon foi lançado pela primeira vez por George R.R. Martin em 2016, com parte do material que havia desenvolvido em O Mundo de Gelo e Fogo, e do que viria a se tornar o livro Fogo & Sangue anos mais tarde. Esta foi a primeira ideia que Martin apresentou à HBO, dentre a série de outros argumentos e histórias que poderiam ser desenvolvidos. Ao longo dos anos, seu título mudou muitas vezes, assim como seu roteirista principal. Em 2019 a série ganhou bíblia e encomenda.

A nova série também será ambientada em Westeros, assim como Game of Thrones. A ideia é ser uma história que explore as origens da Casa Targaryen, com seus momentos de esplendor e infâmia. Ao longo do texto, explicaremos todo o processo de produção até o momento, e responderemos as perguntas mais frequentes.

Serão quantas temporadas?

Neste momento, o canal pretende produzir diversas temporadas, todas baseadas em textos do autor de As Crônicas de Gelo e Fogo. Mas por enquanto, a HBO encomendou apenas dez episódios de uma temporada fechada.

Quando estreia House of the Dragon?

A HBO revelou que a série House of the Dragon, irá ao ar apenas em 2022. Pré-produção e chamadas de elenco estão em andamento. Não há informações sobre um possível adiamento de cronograma devido à pandemia de covid-19.

Que livro a série adapta?

Capa inglesa de Fogo & Sangue.

Na ocasião em que divulgou a encomenda de House of the Dragons, George R. R. Martin recomendou obter as duas antologias que ele co-editou com Gardner Dozois, O Príncipe de Westeros e Outras Histórias (publicado em 2013), e Mulheres Perigosas (publicado em 2014). Ele também recomendou a leitura do livro Fogo & Sangue.

Nas palavras dele:

HOUSE OF THE DRAGON está em desenvolvimento há vários anos (embora o título tenha mudado algumas vezes durante esse processo). Na verdade, foi o primeiro conceito que lancei para a HBO quando começamos a falar sobre uma série sucessora, no verão de 2016. Se você quiser saber um pouco mais sobre o que a série será… bem, na verdade não posso contar esse segredo, mas convém pegar uma cópia de duas antologias que fiz com Gardner Dozois, MULHERES PERIGOSAS e O PRÍNCIPE DE WESTEROS, e depois seguir para a história do Arquimeistre Gyldayn, FIRE & BLOOD.

As novelas a que ele se refere, A Princesa e a Rainha e O Príncipe de Westeros, são ambas histórias que cobrem o período da Dança dos Dragões, e foram incluídas em Fogo & Sangue, que é a história completa sobre a Casa Targaryen em Westeros. O livro foi publicado mundialmente em novembro de 2018, e é o primeiro de dois volumes pretendidos por George R. R. Martin.

O primeiro volume cobre a história de Westeros desde a conquista de Aegon até regência de Aegon III Targaryen. São cerca de 160 anos de história, desde a Conquista de Westeros até a Primavera Lysena. O livro foi publicado após Martin questionar sua editora se deveria terminar Os Ventos do Inverno, ou se poderia focar por um tempo em Fogo & Sangue, já que o livro já estava praticamente pronto com o material que havia sobrado da enciclopédia O Mundo de Gelo e Fogo. Eles decidiram finalizar o livro Targaryen e lançá-lo primeiro, para que o texto fosse publicado antes das possíveis novas séries da HBO.

Martin deu a ideia da série para a HBO em 2016. Em 2017, ele anunciou que publicaria Fogo & Sangue. E, em 2018, o livro chegou às prateleiras. Fogo & Sangue possui uma miríade de oportunidades para temporadas diversas deste novo experimento da HBO. Portanto, este definitivamente é um livro que você deveria ler.

Rei Viserys I Targaryen, sua filha Rhaenyra, e o bobo Cogumelo.
(Arte: Douglas Weatley)

Qual história a série irá contar?

Na fase inicial de pitching, a nova obra televisiva prometia contar os eventos da Dança dos Dragões, com a história da luta de sucessão entre Rhaenyra Targaryen e seu meio-irmão mais novo, Aegon II. Nesta fase, o roteirista Bryan Cogman, de Game of Thrones, ficou encarregado de desenvolver o argumento. Embora Bryan tenha avançado consideravelmente no projeto sobre a série da Dança (como revelou no Twitter), a HBO resolveu primeiro dar sinal verde a um episódio piloto de outra história: aquela que contaria a saga da Era dos Heróis e da Longa Noite.

Bryan, então, pausou sua parceria com a HBO, e acabou sendo contratado meses mais tarde pela Amazon para ser parte da equipe da série de O Senhor dos Anéis, da Prime Video. Entre junho de 2019 e outubro de 2019, notícias conflitantes sobre séries baseadas no universo de As Crônicas de Gelo e Fogo eram publicadas em sites especializados.

Em setembro de 2019, após o término das gravações do piloto encomendado, descobriu-se que a HBO resolveu encomendar ao mesmo tempo a série dos dragões de Bryan Cogman. Mas a história havia sido passada para as mãos de outro escritor, Ryan Condal, que neste meio tempo havia criado a bíblia da série ao lado de um time de roteiristas.

Após a gravação do piloto da série de Jane Goldman sobre a Era dos Heróis, a HBO resolveu não prosseguir com a produção desta história, e investir apenas no projeto Targaryen. Em uma declaração mais recente, Casey Bloys, presidente de programação da HBO, comenta a história de House of the Dragon:

O universo de Game of Thrones é rico demais em histórias. Estamos ansiosos para explorar as origens da Casa Targaryen nos primeiros dias de Westeros, junto com Miguel, Ryan e George.

Importante ressaltar que Bloys se confunde ao se referir às “origens” dos Targaryens, já que neste caso estaríamos falando da história milenar dos senhores de dragões em Valíria. Esta narrativa, no entanto, não foi abordada por Martin ainda, embora esteja contada parcialmente na enciclopédia O Mundo de Gelo e Fogo, em pouco menos de 15 páginas no começo do livro, além de breves reminiscências em capítulos posteriores e flertes ocasionais na prosa de As Crônicas de Gelo e Fogo.

Lucerys ferindo Aemond permanentemente.
(Arte: Douglas Weatley)

Nas indicações de leituras para House of the Dragon, George R. R. Martin aponta que devemos prestar atenção na história da Dança dos Dragões. A série idealizada por Cogman no início tratava da Dança dos Dragões e os anos que precederam essa guerra de sucessão. É seguro esperar que a série trate deste tema.

O primeiro personagem escalado oficialmente para o projeto foi o rei Viserys I.

Qual será exatamente a história da primeira temporada da série, ainda não se sabe oficialmente. Não existe sinopse. Mas podemos esperar por um panorama amplo de histórias, partindo das narrativas encontradas em Fogo & Sangue.

Quem será o showrunner?

House of the Dragon terá como showrunners o roteirista Ryan Condal (conhecido pela série Colony), e também o diretor Miguel Sapochnik (conhecido por dirigir parte dos mais icônicos episódios de ‘Game of Thrones’, como ‘Hardhome’, ‘Battle of the Bastards’, ‘The Winds of Winter’, ‘The Long Night’, e ‘The Bells’). David Benioff e Dan Weiss não fazem parte do projeto.

O time de House of the Dragons: da esquerda para a direita, Ryan Condal, George R. R. Martin, Miguel Sapochnik, Ti MikkelClaire Kiechel, e Wes Tooke.

George R. R. Martin está envolvido, ou escrevendo os roteiros?

Enquanto estiver escrevendo o sexto livro de As Crônicas de Gelo e Fogo, George R. R. Martin não estará envolvido na criação dos roteiros. Assim que House of the Dragon foi anunciada, Martin usou seu blog pessoal para contar que o projeto também contará com uma de suas assistentes como roteirista, a autora Ti Mikkel, que também está creditada em vários episódios de Game of Thrones. Além dela, a série conta com mais dois escritores, sendo eles Wes Tooke (Colony), e Claire Kiechel (The OA e Watchmen).

George R. R. Martin é creditado como produtor executivo em todas as séries da HBO que adaptam suas obras. Nas palavras do próprio:

Espero estar envolvido em tudo isso até certo ponto… e, quem sabe, se as coisas derem certo, posso até escrever alguns episódios, como fiz nas primeiras quatro temporadas de GAME OF THRONES.

Mas… deixe-me deixar isso perfeitamente claro… Não assumirei nenhum dos roteiros até terminar e entregar o WINDS OF WINTER. O inverno ainda está chegando, e o WINDS continua sendo minha prioridade, tanto quanto eu adoraria escrever episódios de HOUSE.

O showrunner Ryan Condal escreveu a maior parte da história da primeira temporada, e será responsável pelo primeiro episódio.

Quanto a estar envolvido na série, esta é uma obra que adapta o trabalho do escritor. É claro que Martin sempre poderá estar envolvido, seja como consultor nos textos e lore, seja como orientador no processo de escalação de atores, seja como agente ativo na divulgação da série. Estes são os pormenores das atividades que englobam o papel de produtor televisivo.

Qual será o elenco e personagens?

Em julho de 2020 a HBO começou a buscar atrizes para interpretar as protagonistas: Rhaenyra Targaryen, e Alicent Hightower, além do infame Príncipe Daemon Targaryen.

O canal estaria procurando alguém com “vinte e poucos anos” para a Rhaenyra, e “uma atriz um pouco mais velha” para a Alicent. Para Daemon, um ator entre quarenta e cinquenta anos.

A primeira escalação oficial foi anunciada em outubro de 2020, sendo o rei Viserys I Targaryen. Ele será interpretado por Paddy Considine.

 

Locações: Onde a série será gravada?

A primeira temporada de House of the Dragon será filmada no Reino Unido e na Espanha, de acordo com fontes especializadas.

 

Quando serão iniciadas as gravações?

As filmagens começam supostamente no final de 2020.

 

House of the Dragon HBO
House of the Dragon da HBO

Já existe um pôster oficial de divulgação?

Sim, o pôster oficial de divulgação do projeto é a imagem ao lado direito. House of the Dragon leva o subtítulo “Fire Will Reign” (ou “Fogo Reinará”).

O que posso ler ou assistir para me preparar para House of the Dragon?

Segue a lista de leituras para se preparar para a nova série da HBO:

  • Leia Fogo & Sangue – Volume I: (link);
  • Ou leia Fire & Blood – Book 1, em inglês: (link);
  • Assista à animação sobre a Conquista de Aegon: (link);
  • Leia O Mundo de Gelo & Fogo (link).

Caso queira focar apenas na Dança dos Dragões:

  • Leia O Príncipe de Westeros – (link);
  • Leia A Princesa e a Rainha – (link);
  • Ou leia de “Herdeiros do dragão: Uma questão de sucessão“, até “A morte dos dragões: O breve e triste reinado de Aegon IIem Fogo & Sangue.
  • Assista à animação sobre a Dança dos Dragões: (link).

    → Está página estará em constante atualização a cada vez que novas informações surgirem.